Neymar – Subiu a cabeça!!!

 
 

Jogador Neymar tem ataque de estrelismo e é afastado do Santos. Fama e poder, ainda mais entre jovens, substituem valores realmente importantes

Nos últimos meses muito se falou do atacante Neymar, do Santos, de apenas 18 anos. A ausência dele na seleção brasileira que perdeu a Copa do Mundo foi cobrada do então técnico Dunga e adjetivos como “craque” e “gênio” acompanharam o nome do atleta diversas vezes. Mas parte dos admiradores teve uma forte decepção no último dia 15. Indignado com o fato de ter sido preterido como cobrador de pênalti, o garoto xingou o técnico santista, Dorival Júnior, e discutiu com o capitão do time, Edu Dracena.

Depois disso ainda deixou de tocar a bola para os companheiros. Resultado: foi multado pelo clube e suspenso por uma partida. “Eu nunca vi, em tanto tempo de futebol, um jogador tão mal-educado como esse Neymar. Estamos criando um monstro no futebol brasileiro”, declarou René Simões, treinador do Atlético Goianiense, adversário derrotado pelo Santos naquele dia. O técnico da seleção brasileira, Mano Menezes, também repudiou a atitude do jogador, que se desculpou durante coletiva de imprensa.

Essa não é a primeira vez que Neymar se envolve em polêmicas. Em 2 de setembro, o técnico Antônio Lopes, do Avaí, acusou-o de provocar os adversários, dizendo-se “milionário”. Em agosto, no “Twitter”, ele foi apontado como autor de mensagens que diziam que os árbitros prejudicavam o Santos e deveriam deixar os estádios de camburão. O jogador alegou ser alvo de hackers.

“Quando algumas pessoas obtêm poder e fama, muitas vezes de forma justa, caso do Neymar, esses fatores ocupam o espaço que deveria ser de valores muito mais importantes, como família, religião e ética. Com isso elas acham que podem fazer o que quiserem e que os outros são obrigados a estender tapetes vermelhos. O Neymar é muito novo para tantas honrarias”, avalia Maria Bernadette de Lyra, professora do mestrado em Comunicação da Universidade Anhembi Morumbi.

Neymar não é o primeiro e nem será o último a ter ataques de estrelismo. Em 2009, a atriz Megan Fox, de 24 anos, só aceitou participar da continuação do filme “Transformers”, que a popularizou, quando os produtores garantiram que não contratariam atrizes morenas e bonitas, que poderiam concorrer com ela. Já em abril desse ano o cantor Justin Bieber, de 16 anos, se recusou a receber instruções em um programa de televisão da Austrália. O artista negou, mas casos assim são tão comuns que poucos parecem duvidar.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Testemunhos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s