Jogador Giuliano do Inter fala sobre Deus e fé

Eleito melhor jogador da Libertadores, Giuliano fala sobre Deus e fé

 

 

Giuliano é uma raridade no futebol. Além de falar o Português correto, tem aulas de inglês, prefere música religiosa a pagode e, fora as peladas de futebol, também joga tênis.

– Ainda estou aprendendo. Faz pouco tempo que comecei a jogar, é muito difícil. O mais complicado é o slice (batida com a raquete levemente inclinada, que diminui a velocidade da bola) – conta, sorridente.

Eleito recentemente o melhor jogador da Libertadores, além de artilheiro do torneio, com seis gols, é humilde.

E caseiro. Casou-se há menos de um ano com Andressa, namorada do colégio, no Paraná. Fora de campo, em vez de baladas, prefere o cinema e os cultos da Igreja Quadrangular.

– Maturidade é precoce

Embora não tenha vergonha de manifestar sua fé, Giuliano exerce discretamente sua religiosidade. Não veste camisetas com mensagens proféticas, nem fala o nome de Deus em vão, a cada cinco minutos. Apenas agradece pelos bons momentos na carreira.

– Sempre que posso, vou aos cultos. Minha esposa vai com mais frequência. Quando comecei, descobri que precisava ir para as coisas darem certo – afirma ele, que assiste a cultos desde os 11 anos.

– CONHEÇA MAIS o Giuliano

– Nome: Giuliano Victor de Paula
– Data e local de nascimento: 31/5/1990, em Curitiba (PR)
– Comida preferida: massa, pizza, sushi e churrasco. “Não tudo junto, claro.”
– Filme preferido: Desafiando Gigantes, de Alex Kendrick
– Último livro que leu: Bom Dia, Espírito Santo, de Benny Hinn
– Jogo inesquecível: Estudiantes 2×1 Inter, na Libertadores deste ano, quando fiz o gol da classificação para as semifinais.
– Onde passa as férias: no Paraná, com a família
– Ídolo no futebol: Kaká, do Real Madrid
– Ídolo na vida e por que: “Minha mãe, Tarcília: é guerreira, batalhadora e determinada.”
– Se não jogasse futebol? “Não sei, mas faria uma faculdade.”
– Grau de escolaridade: ensino médio
– Pior situação em campo: “As vaias no empate com o Fluminense, no Beira-Rio.”
– Música preferida: Marca da Promessa, do Ministério Trazendo a Arca

Fonte: Diário Gaúcho

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Testemunhos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s