Pastor Silas Malafaia na mira da justiça por homofobia

Em maio do ano passado o pastor Silas Malafaia participou de uma audiência na Câmara dos Deputados que discutia o Estatuto da Família, o encontro foi marcado por discussões sobre possíveis mudanças no  da família, entre elas a união homossexual.

O discurso do pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo foi contrário a união entre pessoas do mesmo sexo e chamou a atenção da procuradora da República em Brasília Ana Carolina Araújo Roman pelo tom de suas respostas.

Na sessão, o pastor chegou a dizer que se fosse para concordar com a união gay, então que se liberasse a zoofilia e a necrofilia. As palavras do pastor foram:

– Vamos liberar tudo que tem na sociedade. Vamos colocar na lei tudo que se imaginar. Quem tem relação com cachorro, vamos botar na lei, porque tem gente que gosta de ter relação com cachorro. Eu vou apelar aqui, mas tem que dizer, é um comportamento, ué. Vamos aceitar?

– Quem tem relação com cadáver? É um comportamento, vou botar na lei. Ah, se é um comportamento, ué, estão espantados, vão discriminar, ué? É a favor de quê? Então vamos colocar tudo na lei e onde é que vai parar a sociedade brasileira?

No início de fevereiro, Ana Carolina converteu uma investigação preliminar sobre o caso em inquérito por entender que era necessário continuar com as apurações.

Fonte: Gospel Prime

Com informações Radar On-line

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Testemunhos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s