Muçulmano: Atirador de Escola no RJ deixou Carta com Teor Fundamentalista Islâmico

O criminoso foi identificado como Wellington Menezes de Oliveira, de 24 anos.

Por Redação OGalileo

O comandante do 14º Batalhão (Bangu), coronel Djalma Beltrame, afirmou que o atirador responsável por um ataque à Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, teria deixado uma carta de teor fundamentalista islâmico.

De acordo com Beltrame, a carta continha frases desconexas, incompreensíveis e com teor fundamentalista. Wellington Menezes de Oliveira, de 24 anos, também menciona o islamismo e até mesmo práticas terroristas.

Wellington teria se apresentado como palestrante como forma de invadir a escolapara cometer os crimes. Durante o ataque, dezenas de crianças foram mortas, assim como o atirador. Outros alunos estão em estado grave e já estão sendo transferidos para outros hospitais da região.

De acordo com testemunhas, Wellington teria disparado pelo menos 50 tiros e estaria com duas armas. Todo de preto, ele ainda vestia luvas e colete à prova de balas.

Com informações O Dia / Terra

 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Testemunhos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s